domingo, 4 de outubro de 2009

Quero Vento!


Vem sobre mim, doce vento!
Vem com coragem
Vem calmo, lento
Sem demora, atento

Quero vento, quero vento
Quero tal avivamento
Mas não quero animar o vento
Quero o verdadeiro vento
Que sopra do Dono do vento
Quero a palavra não idealizada
Quero o vento gostoso da estrada
Que move a poeira... Um vento amigo
Não quero o vento do inimigo

Quero uma Palavra alimento
E não uma palavra "vento"
Quero uma Palavra sustento
Não quero terminar em lamento
Ao ver tão falso avivamento
Sem sombra de um vero vento
O Vento do Espírito Santo
O Vento que embala os santos

Quero vento, quero vento!
E não apenas viver dos momentos
Pois quem vive só de eventos
No final, de tudo, é vento!

Um comentário:

Josiel Dias disse...

Olá meus irmãos; Graça e Paz.
Muito bom este espaço, muito edificante, Deus continue abençoando.
Aprendendo uns com os outros crescemos na graça e no conhecimento.
Gostaríamos de compartilhar o nosso blog.

"Mensagem edificante para alma"
http://josiel-dias.blogspot.com/

Josiel Dias
Cons.Missionário
Congregacional
Rio de Janeiro